img
img

NÓS AGOSTINIANOS > NOSSAS RAÍZES
a raiz EremÍtico-Contemplativa

O carisma dos Agostinianos, além de Agostinho, traz sua origem e fisionomia, como segunda raiz, também da experiência eremítico-contemplativa de alguns movimentos religiosos eremíticos surgidos nos séculos XII-XIII, período de intenso despertar espiritual e eclesial. Neste período se volta a usar a Regra de vida de Santo Agostinho, não só por ter se tornado a Regra de outras Ordens (como os Dominicanos, por exemplo), mas também porque a esta voltou-se a associar o estilo de vida religiosa de Agostinho de Hipona.

De fato, dos referidos movimentos religiosos, de caráter eremítico-contemplativo, alguns viviam sua consagração em mosteiros situados não muito longe de centros urbanos. Seus membros, leigos e sacerdotes, conduziam vida de oração e de áspera penitência, em estreito contato com o povo, mas sem o exercício ordinário da cura de almas, isto é, da pastoral, como se preferiria dizer hoje.

Assim viviam os eremitas da Tuscia, difusos sobretudo nas regiões da Toscana e do Lácio. Seus mosteiros, originariamente independentes um do outro, enviaram, em 1243, quatro irmãos à Santa Sé para pedir sua união em uma única organização, ao estilo de outras Ordens que tinham acabado de ser fundadas, sob a Regra de Santo Agostinho e seu estilo de vida.

É o que é atestado pelas bulas papais Cum vos (26/03/1244), Cum a nobis (28/03/1244), Pia desideria (31/03/1244) e Cum
a nobis
(15/02/1254). Ademais, tal pedido, vinha ao encontro das intenções da Santa Sé que, dado o surgimento de movimentos religiosos de caráter herético, pretendia organizar melhor os muitos modelos de consagração religiosa que, então, vinham ganhando corpo (cf. IV Concílio Lateranense, 1215).

Ouvidos os quatro irmãos, a Santa Sé, na pessoa do Papa Inocêncio IV, decretou, com a bula Incumbit nobis, aos 16/12/1243 a fundação da Ordem e, com a bula Praesentium vobis, emitida juntamente com a precedente, definiu a modalidade da união dos mosteiros. Assim, conforme estabelecido, em março de 1244, realizou-se o capítulo fundacional da Ordem sob a presidência de Ricardo degli Annibaldi, cardeal diácono de Sant’Angelo, assistido por dois abades cistercienses, espertos em Capítulos monásticos, para garantir a legitimidade do referido Capítulo.

 

img

centro de promoÇÃO VOCACIONAL - osa
ENCONTRO VOCACIONAL AGOSTINIANO REGIONAL - 10 e 11 DE MARÇO EM SÃO JOSÉ
DO RIO PRETO (SP)

img
img
img

 

 

 

 

 

 

 

img
© OSA Brasil 2009 | 2017
.:: Todos os Direitos Reservados ::.