img
img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CRÔNICA DO QUARTO DIA DO CAPÍTULO ORDINÁRIO DA PROVÍNCIA AGOSTINIANA DO BRASIL

Hoje, 31 de outubro, quarto dia do Capítulo, amanheceu um dia nublado e menos frio por estas terras da Serra da Cantareira, em Guarulhos, São Paulo. Um dia cheio de trabalho nos aguardava. Muitos de nós tivemos uma noite tranquila e repousante, ao contrário de nossos confrades redatores que por estes dias têm trabalhado até altas horas da madrugada, preparando a Documentação a ser apresentadas aos Capitulares.

Iniciamos o dia com a oração das Laudes, às 8:15h. Ao dirigirmos às 9 horas a Sala Capitular, o Pe. Geral iniciou os trabalhos, rezando o Pai Nosso em latim. Perceberam-se as deficiências dos mais jovens no domínio desta língua morta. Logo após, o secretário Frei Caio Márcio Moraes leu alguns e-mails de felicitação e saudação que foram enviados de diversas comunidades religiosas e pessoas, ao Provincial eleito e a nova província. O Pe. Geral também nos comunicou que chegaram via e-mail felicitações de diversas Províncias da Ordem.

Para os trabalhos do dia, Frei Rafael de La Torre assumiu como moderador das discussões a respeito do Projeto para a Província Agostiniana do Brasil. Deu inicio as discussões Frei Salvador Aparecido dos Santos, analisando o Objetivo Geral e Especifico, Estratégias e Monitoramento no apartado Administração e Organização. Após as discussões e aportações da Assembleia, Frei Reginaldo de Abreu tratou das Obras Sociais, seguindo a dinâmica anterior.  

Depois de um merecido café da meia manhã, retornamos com as análises ao Projeto, com o Fr. José Luis Arias, que falou sobre as observações do grupo a respeito da Educação. A seguir, Frei Paulo Formosa tratou sobre a Promoção Vocacional e Formação; Frei Rodrigo Almeida, por sua vez, falou sobre a Vida Religiosa. Após a apresentação do Frei Rodrigo, foram concluídas todas as discussões sobre o Projeto para a Província Agostiniana do Brasil.

Ainda pela manhã, o Pe. Geral, presidente do Capítulo Provincial, deu início às apresentações, discussões e aprovações das Propostas e Sugestões dos religiosos. Às 12:30h, rezamos o Ángelus e fomos para o almoço e descanso.

Retornamos, às 15 horas, com a oração de Invocação ao Espírito Santo, conduzida pelo moderador Frei Jesús Caballero.  Seguimos com as propostas dos Frades José Luis Arias, Jesús Caballero, César Rodríguez, Constantino Borg e Sérgio Dias.

Concluídas as apresentações das Propostas e Sugestões, o Pe. Geral convidou o recém-eleito Provincial Frei Cláudio de Camargo para seu Discurso Programático.  Frei Cláudio iniciou dizendo que se sentia na presença de Deus e deu as graças ao Geral, aos Provinciais e Vicários dos três grupos e a todos os que formamos esta nova Província. Manifestou a aceitação desta responsabilidade confiando na Providência Divina e na dedicação de todos e de cada um dos irmãos. Fez uma lembrança agradecida dos diversos grupos agostinianos que chegaram ao Brasil, há 114 anos, e que hoje fazem possível esta realidade histórica.  Que a todos Deus lhes paguem por tão grande doação. Cuidar de tudo que temos recebido é a nossa obrigação.  Que apostemos pela unidade, buscando a Deus “em comunhão de vida e de bens”. Esta unidade nos ajudará a superar todas as dificuldades que possam aparecer.   Que nos deixemos guiar pelo Espírito e sem medo. Afirmou que atender a vocação dos irmãos, será sua principal tarefa como Provincial, mas também todos  têm este mesmo compromisso com seus irmãos. Parafraseando Nosso Pai Santo Agostinho, disse: “Para vocês sou Provincial, com vocês sou agostiniano”. Ao concluir, todos os padres capitulares lhe deram uma forte salva de palmas.

A continuação, o Secretário da extinta Federação, Frei Caio leu o nº 351 das Constituições, que trata sobre a eleição dos Conselheiros. Foram apresentados três nomes, por ordem de preferência, para cada um dos quatros cargos de Conselheiro Provincial. Na primeira votação saiu eleito como Conselheiro de Formação, o Frei Jesús Caballero. Na segunda votação para Conselheiro de Educação, o Frei José Luis Arias. Já na terceira votação ficou eleito o Fr. Maciel Bueno da Silva como Conselheiro de Vida Religiosa e Pastoral. Na quarta votação, para Assistência Social, o Frei Eduardo Flausino Mendes, todos com maioria absoluta de votos.

Concluída as votações para os quatros conselheiros, o Frei Caio Márcio Moraes leu o nº 353 das Constituições. Frei Caio explicou a dinâmica da eleição que seria feita com feijão negro (NÃO) e feijão branco (SIM). Disse também que os irmãos afrodescendentes haviam sidos consultados se não lhes constrangiam este tipo de votação, por representar o feijão preto, o Não. O Padre provincial eleito propôs como Ecônomo, Frei Salvador Aparecido dos Santos, que foi eleito por um número expressivo de votos. Em seguida propôs para Secretário Provincial, o Frei Caio Márcio Moraes, que também teve uma grande votação.  Ao finalizar as votações, o Pe. Geral perguntou a todos os eleitos se aceitavam os cargos, ao qual responderam, SIM.

Às 18:30h, fomos todos concelebrar a Santa Missa, presidida pelo Provincial de Malta, Frei Emanuel Borg Bonello, acompanhado dos frades Constantino Borg e  Reginaldo Abreu da Silva e com a participação dos professos e postulantes de São Paulo. Fr. Emanuel na sua homilia insistiu com o tema da vida: Deus é o dono das nossas vidas, não nós. Devemos estar sempre a sua disposição, colocar-nos ao seu serviço como fiéis colaboradores.

Depois da Missa, onde não faltaram os cantos harmoniosos do Frei Jaime Soria, nos dirigimos ao refeitório, hoje acompanhados pelos nossos formandos.


CRÔNISTAS:
Fr. Constantino Borg
Fr. Eliseo López
Fr. Luiz C. Batista

 

img

centro de promoÇÃO VOCACIONAL - osa
3º ENCONTRO VOCACIONAL AGOSTINIANO NACIONAL
DE 15 A 17 DE NOVEMBRO DE 2013 - sÃO PAULO (SP)

img
img
img

 

 

 

 

 

 

 

img
© OSA Brasil 2009 | 2012
.:: Todos os Direitos Reservados ::.